Carrinho de compras
Seu carrinho de compras está vazio

Liis Taras

 @liistaras

Tal como a renovação de uma divisão para uma nova estação, um pequeno começo pode dar origem a importantes resultados. Esta é a Liis, uma professora de belas artes cujo perfil de Instagram dedicado à maternidade deu início a uma nova e emocionante carreira como decoradora de interiores freelancer.

mulher na cama a ler uma revista

Fala-nos sobre o teu passado

Eu cresci numa pequena cidade da Estónia e frequentei uma escola  fantástica onde a criatividade era muito valorizada. Comecei a trabalhar nas artes visuais e acabei por concluir um mestrado em Ensino da Arte. Fui professora do ensino público durante três anos incríveis antes de me casar com o meu marido e ficar  grávida do nosso  primeiro filho. Agora temos um filho e uma filha e vivemos em Tallinn, a capital da Estónia.

O que é que despertou a tua paixão pela decoração de interiores?

Alguém disse um dia, “tenha filhos e irá descobrir o seu verdadeiro eu”. Na Estónia temos licenças de maternidade bastante longas: um ano e meio remunerado e outro ano e meio não remunerado. Embora a tarefa de educar crianças pequenas consuma bastante tempo e energia, sentia que ainda me restava alguma energia criativa. Utilizei-a no meu perfil de Instagram, no qual partilhava essencialmente fotografias da nossa família, da vida quotidiana e de algumas partes da nossa nova casa. À medida que ia compondo cada vez mais imagens da nossa casa, rapidamente reconheci a minha paixão pela decoração. Por isso, a minha conta privada evoluiu para se tornar numa conta centrada na decoração doméstica.

 

 

Cama ao lado de um vaso
Flores
Mesa de jantar

Como é que fizeste a transição de um passatempo para uma nova carreira?

Mais uma vez, o meu perfil de Instagram foi o catalisador. O número de seguidores tem vindo a aumentar de forma consistente e fui abordada por empresas de mobiliário e interiores locais para criar decorações para as suas sessões fotográficas. Fico surpreendida, porque a minha conta ainda é bastante modesta. Limito-me a tirar fotografias com o iPhone 8 e quase não retoco as imagens. O facto é que, na verdade, adoro o trabalho que antecede a fotografia: criar o conceito, escolher as peças e, naturalmente, a decoração. Passar de decorar a minha casa para decorar as casas de outras pessoas foi algo completamente natural, daí ter aceite e não ter olhado para trás.

 

Descreve-nos o teu estilo de decoração de interiores.

O meu estilo é bastante eclético e, na verdade, não consigo dar-lhe um nome. Adoro sobrepor épocas diferentes e fazer referência a diversas culturas. Por exemplo, temos um espelho belga do século XVIII, algumas peças contemporâneas da BoConcept, muitas peças em segunda mão, tais como dois cadeirões em pele DUX/Bruno Mathsson Karon, entre outros. Adoro o verdadeiro design de produto e mobiliário, especialmente peças dinamarquesas contemporâneas e de meados do século XX. Nunca sei o que me irá inspirar a seguir, por isso é seguro afirmar que o meu estilo está em constante mudança. Nada é definitivo. 

 

Desempenhas várias funções exigentes. Como é que te proteges contra o “burnout”?

O meu remédio pessoal é a corrida. Corro pelos menos três a quatro vezes por semana e a corrida passou a ser a minha meditação e a minha terapia. Sempre que me sinto stressada, cansada ou mentalmente esgotada vou correr e quando regresso sinto-me renovada e cheia de energia, com uma perspetiva otimista sobre os desafios que tenho em mãos. 

 

Quais são os teus objetivos para um futuro não muito distante?

Na Estónia, esta profissão ainda está a dar os seus primeiros passos, não existindo quaisquer cursos profissionais. No entanto, quero investir em mim para alcançar novos patamares. Gostaria de receber alguma formação em fotografia e atualizar o meu equipamento. Ainda não decidi se vou regressar ao ensino este ano, mas tenho a certeza de que o farei um dia, pois continua a ser uma paixão.

ACONSELHAMENTO DE DECORAÇÃO GRATUITO

Melhorar a decoração da sua casa com pequenos complementos simples nunca foi tão fácil.
E os nossos designers de interiores adorariam ajudá-lo. Fale connosco na loja ou no conforto da sua casa.

Explorar

Decoração de sofá Japandi

O estilo Japandi é uma tendência de decoração de interiores obrigatória que se assume como um híbrido das estéticas japonesa e escandinava.
Veja a designer de interiores Marianne Kleis Jensen a utilizar esta tendência para decorar uma sala de estar.

Explorar
PRO1B