effect image

Questionador

Adj. Aquele que tem ou mostra interesse em aprender coisas; curioso.

Num mundo onde papel e tinta representam quase uma redundância - quando a sua sede de conhecimento pode ser satisfeita por um mecanismo de pesquisa na Califórnia e um dispositivo no seu bolso -, quem precisa de livros?

Você precisa. Se esta é a sua combinação de arrumação, você precisa sentir a sensação do papel nos dedos e o cheiro das palavras árduas. Você procura o ponto familiar fraco, e dá as boas-vindas a nódoas que acusam uma vida passada: o facto de que essas linhas já foram lidas pelo seu irmão, a sua mãe ou talvez alguém que você nunca conheceu...

…pelo menos ainda não.

billede af reol med sko
Para o “Questionador”, combinamos três estantes Como em laminado branco. Projetada por Morten Georgsen, a linha Como é uma solução para montagem na parede que transforma qualquer parede numa elegante moldura para as coisas que adora. A estante Como está disponível em três cores e vem pronta - não exige montagem.

Dê uma olhadela mais atenta.

Conselhos de estilo

category-tile
Os livros tornam qualquer ambiente mais familiar e único. Pode ser devido ao calor e ao toque de papel. Ou talvez seja mais por causa da natureza profundamente pessoal das próprias palavras. Afinal de contas, ninguém tem a mesma coleção que você tem. E os seus títulos (goste-se deles ou não) dão aos visitantes uma impressão sobre os seus valores, paixões e interesses.

Organizar ou não organizar?

Pense na forma como você usa os seus livros. A sua coleção é grande e costuma reler as suas obras? Considere organizá-la por género ou autor. Possui uma quantidade mais reduzida de obras ou acredita que um bom livro deve ser descoberto invês de ser catalogado? Em seguida, organize por tamanho, cor - ou não utilize nenhum tipo de sistema.

Fora do comum.

Armazene de forma vertical ou horizontal, empilhe os livros no chão; ou faça os três. As bibliotecas grandes podem parecer imponentes. Deixe algumas prateleiras vazias, ou reserve-as para obras de arte, cerâmicas ou plantas. E truques como deixar que folhas das plantas caiam sobre as prateleiras ou expôr alguns livros com a capa para fora são igualmente eficazes.

Leituras leves.

Considere as janelas ao situar a sua biblioteca, uma vez que a luz solar prolongada irá debotar as capas dos livros. Nada é mais convidativo a uma boa leitura do que uma cadeira aconchegante e uma luz suave. A iluminação doadequada do espaço pode ser agradável e acolhedora. Em alternativa, siga o nosso exemplo e pendure um candeeiro em forma de globo para incrementar a decoração.

5 livros para os amantes de design

effect image
  1. Quer seja um fotógrafo profissional, um utilizador do Instagram ou simplesmente um apreciador da arte da fotografia, esta é uma compra obrigatória. As suas 480 páginas extravasam a atenção aos detalhes e constituem um trabalho que é em parte uma obra de coleção e em parte memórias de uma das fotógrafas de retrato mais importantes dos EUA. A viagem que ela retrata é pessoal. Os retratos de celebridades pelos quais ela é reconhecida coexistem com fotos muito intimistas da sua vida por trás das câmaras - enfatizando o curioso e às vezes intenso contraste entre os seus dois mundos.
  2. Este livro apresenta em grande medida aquilo que é indicado na capa. Neste conjunto de dois livros, a Taschen apresenta algumas dos casas mais inspiradoras dos seis continentes. Os locais incluem a Argentina, Marrocos, Grécia, Japão, Reino Unido e aqui, na exótica Dinamarca. 100 Interiors é um presente para os olhos, e oferece uma variedade de estilos de casa. Todos são diferentes e ao mesmo tempo relacionados por uma força unificadora: a necessidade de habitar um espaço pessoal e expressivo.
  3. Hilary Robertson é uma estilista e jornalista cujos clientes incluem as revistas Elle Decoration and Vogue Living, entre muitos outros títulos respeitados. Nos seus últimos quatro livros, a autora mergulha nos temas monocromáticos, decompondo o visual nas suas mais populares expressões de cor: preto e branco, nuances de rosa e tons escuros, para citar alguns. No capítulo final, ela visita locais á volta do mundo, incluindo Copenhaga, Nova Iorque, Londres e Paris, apresentando treze casas monocromáticas.
  4. A Monocle comercializou este livro como um antídoto para casas excessivamente decoradas ou com uma decoração fria e impoluta, típicas do género. Situado num ponto intermédio entre um guia funcional e um livro para inspiração, estas 400 páginas esclarecem sobre qualidades muitas vezes indefiníveis que fazem com que um imóvel se transforme num lar. Para inspirar, o livro guia-nos por uma reportagem fotográfica de casas extraordinárias e ao mesmo tempo adaptadas para o dia a dia, localizadas em todo o mundo. E os conselhos chegam como orientações detalhadas sobre os melhores locais para construir as suas casas - seja no interior, no litoral, montanhas ou cidades.
  5. CEREAL é uma revista bianual com sede no Reino Unido. Cada edição concentra-se em destinos selecionados, entrevistas e artigos sobre design, viagens, arte e moda. Nesta obra, uma das suas duas publicações em livro até o momento, a empresa nos leva num tour para a sua casa, as Ilhas Britânicas. Imagens sugestivas, desde as ruas de Londres aos imponentes picos de Snowdonia, são complementados com poderosos exemplos de prosa e poesia - tudo fornecido com a estética exclusiva da Cereal.